OAB/RS lança pré-cadastro: você quer ser credenciado no IPE Saúde?


21.06.18   |   Geral

A luta pela inserção da advocacia gaúcha no IPE Saúde está em vias de ser regulamentada. Para a próxima etapa, a OAB/RS entregará à direção do IPE Saúde a indicação de advogados e advogadas, bem como seus dependentes, interessados em aderir ao plano de saúde.

A seccional gaúcha lança, portanto, nesta quarta-feira (20), um pré-cadastro que tem por finalidade garantir ao IPE um número aproximado de profissionais interessados, a fim de possibilitar o cálculo do custo e, por sua vez, o encaminhamento das próximas etapas, viabilizando o plano. O cadastro vai apenas até o dia 10/07/2018.

A opção de cadastramento foi decidida numa reunião em que o presidente da OAB/RS, Ricardo Breier, participou com o diretor-presidente do IPE Saúde, João Gabbardo dos Reis. “Tenho certeza de que a advocacia irá se mobilizar, pois esse benefício é uma demanda da OAB há mais de dez anos. Desde a gestão dos presidentes Claudio Lamachia e Marcelo Bertoluci, pleiteamos essa concessão”, destacou Breier.

“Muitos membros da advocacia do interior vão aderir, pois o IPE alcança todos os lugares, diferente de outros planos de saúde. Temos tudo para, com a entrada dos advogados como beneficiários, dar ao Instituto uma maior possibilidade de negociação junto às instituições da área médica, ampliando a capacidade da rede conveniada”, afirmou o dirigente da OAB/RS.

“O nosso plano é a atuação em duas frentes: ajustarmos as questões operacionais, para que a advocacia seja beneficiária do IPE Saúde, ao mesmo tempo em que melhoramos a prestação do plano, com a contratação de novos médicos e a ampliação da estrutura”, ressaltou o diretor-presidente do IPE Saúde. “Essa experiência com a advocacia será a nossa primeira fora do funcionalismo; estou confiante de que será uma grande vitória para tornar o IPE Saúde um plano mais sustentável, que atenda as expectativas de seus beneficiários”, pontuou Gabbardo.

Clique aqui (http://bit.ly/2JRRAdK) e preencha o cadastro.



Fonte: Comunicação Social - OAB/RS